fbpx

Profissional em Administração

480 horas/aula | SEGUNDAS E TERÇAS | 19h às 22h40

Apresentação

O Programa proporcionará aos ingressantes formação avançada na área organizacional, tornando-os profissionais mais capacitados e aprimorando a qualidade de suas decisões nos campos das Finanças e da Estratégia.

O Programa de Mestrado Profissional em Administração foi recomendado com conceito 3 pela Avaliação Quadrienal (2013-2016) da CAPES e reconhecido pela Portaria do MEC n.º 656 de 22-05-2017, DOU de 27-07-2017.

O título de Mestre conferido ao final do curso possibilita a atuação como docente de nível superior em cursos de Graduação e Pós-Graduação, e prepara aqueles que desejam prosseguir em sua formação acadêmica para o ingresso nos cursos de Doutorado.

Sobre

Público Alvo

Destinado a qualificar profissionais graduados em diferentes áreas do conhecimento e que atuem em atividades ligadas à Administração. Os candidatos devem possuir experiência prática profissional relevante.

Objetivos

O Programa de Mestrado Profissional em Administração tem como principal objetivo preparar profissionais, pesquisadores e docentes para as áreas de Finanças e Estratégia, promovendo uma sólida formação que une a teoria e os métodos de análise quantitativa e qualitativa aos temas da prática profissional empresarial, incentivando a produção de conhecimento e proporcionando uma refinada formação intelectual.

Conheça os objetivos do Mestrado Profissional em Administração

O Mestrado Profissional têm por objetivos fundamentais:
I – capacitar profissionais qualificados para o exercício da prática profissional avançada e transformadora de procedimentos, visando atender demandas sociais, organizacionais ou profissionais e do mercado de trabalho;
II – transferir conhecimento para a sociedade, atendendo demandas específicas e de arranjos produtivos com vistas ao desenvolvimento nacional, regional ou local;
III – promover a articulação integrada da formação profissional com entidades demandantes de naturezas diversas, visando melhorar a eficácia e a eficiência das organizações públicas e privadas por meio da solução de problemas e geração e aplicação de processos de inovação apropriados;
IV – contribuir para agregar competitividade e aumentar a produtividade em empresas e demais organizações públicas e privadas;
V – divulgar a produção científica e tecnológica do corpo docente e do corpo discente, em conformidade com as prioridades das linhas de pesquisa científico/tecnológicas estabelecidas pelo Mestrado;
VI – integrar o Mestrado Profissional com as demais atividades acadêmicas do Centro Universitário, aí incluídos os programas de Pós-Graduação lato sensu e os programas de Graduação oferecidos. Particularmente, a integração deverá envolver alunos e professores destes programas em atividades de pesquisa que contribuam para o desenvolvimento da instituição como um polo de criação de novos conhecimentos;
VII – promover intercâmbios com Agências de Fomento ao ensino e à pesquisa, bem como com centros de pesquisa nacionais e internacionais que atuem no mesmo âmbito ou em áreas afins;
VIII – atribuir o grau de Mestre, mediante o cumprimento das exigências pedagógicas e científicas do Programa de Mestrado e obedecendo às especificações contidas neste Regimento, aos mestrandos que concluírem todas as etapas do programa.

Esteja entre os Melhores

Inscreva-se

Informações sobre o processo seletivo

O Curso tem duração de 2 (dois) anos, aí incluídas a preparação e defesa da Dissertação de Mestrado. Em casos devidamente aprovados pela Coordenação do Curso, é possível a prorrogação do prazo total por até 6 (seis) meses, totalizando uma duração máxima de 2,5 anos (dois anos e meio), aí incluída a defesa da Dissertação de Mestrado;

O presente Processo Seletivo tem validade exclusiva para o semestre letivo em que o candidato prestou;

A critério exclusivo do Centro Universitário, a turma somente será instalada mediante o preenchimento da totalidade das vagas oferecidas, por candidatos que sejam considerados acadêmica e profissionalmente aptos à obtenção do nível de proficiência exigido dos formandos do Curso.

Poderão inscrever-se para o Processo Seletivo os portadores de diploma de nível superior (3o Grau), obtido no País ou no Exterior, devidamente reconhecido e registrado.

Para efetuar a inscrição, o candidato deverá enviar, por meio eletrônico, ficha de inscrição devidamente preenchida e Curriculum Vitae.

O Processo Seletivo terá 02 (duas) etapas cumulativas, a saber:

1ª etapa: Realização de prova de Proficiência em Língua Inglesa aplicada pelo Centro Universitário Álvares Penteado;

2ª etapa: Entrevista com os candidatos inscritos e que realizaram a 1ª etapa por meio de Videoconferência.

Os candidatos selecionados para a entrevista serão informados da convocação por telefone e via e-mail.

Para fins de pesquisas e desenvolvimento de trabalhos científicos, é requerido o domínio da língua inglesa (leitura e interpretação de texto) no nível instrumental.

Candidatos aprovados no processo seletivo que não tenham sido considerados proficientes em Inglês, poderão, a critério exclusivo do Centro Universitário, ser admitidos na qualidade de Aluno Não Proficiente, podendo realizar novos exames de proficiência em Inglês em até duas oportunidades ao longo do curso, em datas determinadas pela Coordenação do Mestrado.

O aluno que, em qualquer dos casos, exaurir as oportunidades para comprovação da proficiência em Inglês sem lograr êxito será excluído do Programa de Mestrado da Instituição.

A seleção final dar-se-á, após análise das notas de provas e resultado da entrevista, com os candidatos classificados como “apto para matrícula” ou “não apto”.

A divulgação dos aprovados e, consequentemente, selecionados para o Programa de Mestrado Profissional em Administração do Centro Universitário será realizada por e-mail e WhatsApp dos candidatos.

Art. 7º Os candidatos aprovados no Processo Seletivo poderão realizar a matrícula também ser de forma remota.

Para efetivação da matrícula deverão ser apresentadas cópias simples, acompanhadas dos originais, dos seguintes documentos:

  1. RG e do CPF/MF;
  2. Diploma do curso de graduação (frente e verso);
  3. Histórico escolar do curso superior (3o grau), e
  4. Comprovante de residência.

Importante: Na ausência dos documentos originais, só serão aceitas cópias autenticadas.

Ex-alunos das unidades de ensino mantidas pela FECAP, para terem direito à vaga e à matrícula, deverão apresentar documento de quitação de obrigações financeiras anteriores, expedido pela Tesouraria do Centro Universitário Álvares Penteado;

Perderá o direito à vaga o candidato que deixar de requerer a matrícula dentro dos prazos estabelecidos, assim como aquele que não apresentar, no referido ato, a comprovação hábil de conclusão de curso de nível superior (3o grau);

A efetivação da matrícula dar-se-á somente mediante a instalação da nova turma do Curso;

Não havendo a instalação de nova turma do Curso qualquer quantia adiantada para estes fins pelos respectivos candidatos será integralmente reembolsada, na forma da lei;

O aluno que desejar cancelar a matrícula deve abrir um requerimento junto à Central do Aluno. O reembolso será de 80% (oitenta por cento) do valor da matrícula efetuada.

Financiamento

Financiamento Mestrado FECAP

A FECAP oferece a você a oportunidade de financiar o Mestrado. Trata-se de um financiamento com recursos da própria Fundação, destinado aos alunos regularmente matriculados que precisam de um suporte financeiro para continuar ou iniciar os estudos.

Com o FIFE, você poderá financiar 40% do curso. Para garantir a sua tranquilidade, o pagamento do valor financiado inicia somente após a conclusão do curso em tempo regular

REGULAMENTO FORMULÁRIO

NOTÍCIAS E IMPACTOS

PRODUÇÃO INTELECTUAL

SENSITIVE INDUSTRIES PRODUCE BETTER ESG PERFORMANCE: EVIDENCE FROM EMERGING MARKETS

Autores: Alexandre Sanches Garcia, Wesley Mendes da Silva e Renato Joao Orssatto.

Abstract

Given the rising interest in corporate social responsibility (CSR) globally, this paper investigates whether the financial profile of a firm is associated with superior environmental, social and governance (ESG) performance, considering firms from Brazil, Russia, India, China and South Africa (the so-called BRICS countries) with the aim of addressing a gap in relevant research. The study entails an analysis of ESG performance in sensitive industries (i.e., those subject to systematic social taboos, moral debates, and political pressures and those that are more likely to cause social and environmental damage). To test our hypotheses, we applied linear regressions with a data panel using the Thomson Reuters Eikon™ database to analyze data from 365 listed companies selected from BRICS between 2010 and 2012. The results suggest that companies in sensitive industries present superior environmental performance, even when controlling for the firm’s size and country. Our study contributes to research on both the impact of ESG disclosure and the relationship between financial and ESG performance, as well to the practice of sustainability management in firms in developing countries.
Leia mais


INTEGRATED REPORTING AND CAPITAL MARKETS IN AN INTERNATIONAL SETTING: THE ROLE OF FINANCIAL ANALYSTS

Autores: Eduardo Flores, Marco Fasan, Wesley Mendes-da-Silva, Joelson Oliveira Sampaio.

Abstract

This study investigates the interplay between integrated reporting (IR) and capital markets. In particular, building on voluntary disclosure and information processing theories, we hypothesize and empirically find that IR adoption improves analysts’ ability to make accurate earnings forecasts. Whereas previous studies focus on the South African context, we rely on an international sample that also allows us to study the moderating effect of the corporate governance regime (shareholder or stakeholder oriented). The results suggest that IR improves analysts’ ability to make accurate predictions to a larger extent in North America than in Europe, and we derive interesting insights on the much-debated nature of IR. This study offers valuable insights to policy makers interested in improving disclosure practices in the financial market.
Leia mais


TESTING THE INSTITUTIONAL DIFFERENCE HYPOTHESIS: A STUDY ABOUT ENVIRONMENTAL, SOCIAL, GOVERNANCE, AND FINANCIAL PERFORMANCE

Autores: Alexandre Sanches Garcia e Renato J. Orsato.

Abstract

Considering the institutional, cultural, and regulatory differences across countries, this research investigates the association between environmental, social, and governance (ESG) performance and financial performance of companies from emerging and developed countries. The institutional difference hypothesis (IDH) suggests that institutional weaknesses in emerging markets affect the relationship between financial performance and corporate social performance (CSP) of companies. This can occur because, under such circumstances, firms are more likely to prioritize the capital accumulation and not recognize the potential strategic benefit of socially responsible investments. To investigate this hypothesis, we performed a regression analysis of panel data study comprising 2,165 companies from developed and emerging countries, covering the period between 2007 and 2014. Our results suggest that there is a prevalence of the institutional environment in relation to the financial and ESG performances of companies. These results are in line with the logic of the IDH.
Leia mais


CROSS-BORDER BRANCHING IN THE LATIN AMERICAN BANKING SECTOR

Autores: Luiz Paulo Lopes Fávero, Marco Aurélio dos Santos e Ricardo Goulart Serra.

Abstract

Purpose
Branching is not the only way for foreign banks to enter a national market, and it is impractical when there are informational and cultural barriers and asymmetries among countries. The purpose of this paper is to analyze the determinants of cross-border branching in the Latin American banking sector, a region with regulatory disparity and political and economic instability, offering elements to a grounded strategic decision.

Design/methodology/approach
This study uses data from six Latin American countries. To account for the preponderance of zero counts, classes of zero-inflated models are applied (Poisson, negative binomial, and mixed). Model fit indicators obtained from differences between observed and estimated counts are used for comparisons, considering branches in each region established by banks from every other foreign region of the sample.

Findings
Branching by foreign banks is positively correlated with the population, GDP per capita, household disposable income, and economic freedom score of the host country. The opposite holds for the unemployment rate and entry regulations of the host country.

Originality/value
Few paper address cross-border banking in emerging economies. This paper analyzes cross-border branching in Latin America in the context of the current financial integration and bank strategy. Econometrically, its pioneering design allows modeling of inflation of zeros, over-dispersion, and the multilevel data structure. This design allowed testing of a novel country-level variable: the host country’s economic freedom score.
Leia mais


THE INFLUENCE OF BOARD STRUCTURE AND OWNERSHIP CONCENTRATION ON GRI REPORTING

Autores: Keysa Manuela Cunha de Mascena, Simone R. Barakat, Giuliana Isabella e Adalberto A. Fischmann.

Abstract

Purpose
The purpose of this paper is to investigate the relationship between corporate governance structure and GRI reporting. More specifically, the study seeks to analyse board independence, board size and ownership concentration and their relationships with GRI reporting.

Design/methodology/approach
The hypotheses of the study were tested in a sample of 287 Brazilian companies listed on the B3, the Brazilian stock exchange, using logistic regression models. Data from 2013 were collected from the Econoinfo and GRI databases.

Findings
The findings show that there is a positive relationship between both board independence and GRI reporting and board size and GRI reporting, and a neutral relationship between ownership concentration and GRI reporting. These results indicate that the corporate governance structure influences a company’s decision to engage in social issue and stakeholders’ relationship activities.

Originality/value
The contribution of this study is it presents theoretical arguments and empirical evidence regarding the influence of corporate governance structure on CSD beyond the Anglo-Saxon context. The results show that good corporate governance practices cannot be generalized to different contexts.
Leia mais


THE EMPLOYEE IS ALWAYS RIGHT: EMPLOYEE SATISFACTION AND CORPORATE PERFORMANCE IN BRAZIL

Autores: Alexandre Di Miceli da Silveira

Abstract

I investigate the effect of employee satisfaction on corporate performance based on an extensive dataset of 114,004 online reviews of Brazil’s 1,000 largest listed and unlisted firms from 2013 to 2018 posted at a local subsidiary of Glassdoor. I find that overall employee satisfaction is positively associated with firm performance and that this relationship is likely to be economically relevant. Among the four dimensions of employee well-being, the link with performance is most evident for the dimension on culture, followed by career opportunities. On the other hand, the dimension on compensation and benefits was the least connected with firm performance. Taken together, these results support the view that intrinsic motivators are more relevant for superior performance than extrinsic ones popularized by the carrot and stick approach to management. I also find that the influence of employee satisfaction on performance is likely to be asymmetrical, in the sense that workplaces characterized by low satisfaction among workers are more likely to lead to poor performance than best-in-class companies are likely to produce superior performance. To my knowledge, this is the first paper to document an asymmetrical link between firm value and employee satisfaction, as well the first one to investigate this issue in an emerging economy using online reviews.
Leia mais

Instituto de Finanças - FECAP

Centro de Pesquisa ESG - FECAP

Centro de Pesquisa em Mercado de Capitais e Relações com Investidores - FECAP

Centro de Empreendedorismo - FECAP

COORDENAÇÃO DO CURSO

Alexandre Sanches Garcia

Doutor | agarcia@fecap.br

Doutor em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas-SP (2017), mestre em Ciências Contábeis e Atuariais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1998), com graduação em Ciências Contábeis pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (1992). Tem experiência na área de Administração e Contabilidade, nos seguintes temas: contabilidade gerencial, controle interno, controladoria, auditoria, análise financeira e análise de custos, em empresas de grande porte como PriceWaterhouseCoopers, General Motors e Philip Morris. Sócio de empresa de consultoria, Diretor da Pós-Graduação e Professor dos Programas de Mestrado em Ciências Contábeis e de Administração da FECAP-Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado, professor na Universidade Presbiteriana Mackenzie e Conselheiro efetivo do Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo (gestão 2016-2020). Título de Acadêmico recebido pela APC-Academia Paulista de Contabilidade.

MATRIZ CURRICULAR

INFORMAÇÕES DISCENTES

Gráfico de Egressos

Corpo Docente

Alexandre Sanches Garcia

Doutor
Lattes
Orcid

Alexandre Di Miceli da Silveira

Doutor
Lattes

Edison Simoni da Silva

Doutor
Lattes

Edson Ricardo Barbero

Doutor
Lattes

Héber Pessoa da Silveira

Doutor
Lattes
Orcid

Ivam Ricardo Peleias

Doutor
Lattes

Jésus de Lisboa Gomes

Doutor
Lattes

Joelson Oliveira Sampaio

Doutor
Lattes

Matheus Albergaria de Magalhães

Doutor
Lattes

Raquel de Freitas Oliveira

Doutora
Lattes
Orcid

Ricardo Goulart Serra

Doutor
Lattes
Orcid

Simone Ruchdi Barakat

Doutora
Lattes
Orcid

Verônica de Fátima Santana

Doutora
Lattes
Orcid

Vinícius Augusto Brunassi Silva

Doutor
Lattes
Orcid

Quer saber mais sobre a MESTRADO na FECAP?