fbpx

Auditoria de Demonstrações Financeiras

| Online

Carga Horária: 30 horas/aula

Data: 28 de setembro à 30 de outubro

Valores: Alunos, ex-alunos FECAP R$ 344,50 Externos: R$ 689,00

Período de Inscrição: até 02 outubro - 10% de desconto para matrícula realizada até 02 outubro

Prof. Émerson Nogueira Sales

Sobre o curso

PÚBLICO-ALVO:

Profissionais interessados em adquirir capacitação diferenciada e de alto nível em auditoria de demonstrações financeiras (contábeis).

Os profissionais que já atuam em auditoria de balanços poderão atualizar e aprimorar seu conhecimento prático preexistente, avançando de forma consistente e alinhada com as melhores práticas, normas e legislação aplicável. Para os ingressantes e interessados na área de auditoria, o curso permitirá uma introdução ajustada às suas necessidades e com a sequência dos módulos o discente atingirá o alto nível de entendimento dos conteúdos do curso, capacitando-o a ingressar na auditoria, se relacionar com os processos que envolvem as atividades de auditoria de balanços, alavancando seu currículo e sua carreira.

Os profissionais que de alguma forma tem contato com a auditoria, seja como auditores ou auditados, poderão desenvolver o conhecimento e a capacitação necessária ao seu dia-a-dia e ao projeto de auditoria das demonstrações, permitindo a aplicação prática dos procedimentos de auditoria. Independentemente do nível hierárquico ou dos papéis exercidos pelo discente no seu ambiente de trabalho, ao final do curso ele terá capacitação para atuar nas auditorias mais complexas e nos diversos níveis hierárquicos do ambiente de auditoria.

CONDIÇÃO ESPECIAL

10% de desconto para matrícula realizada até 02 outubro

Conteúdo

O conteúdo desenvolvido apresenta a discussão prática e da vivência dos auditores, com conceitos fundamentais e procedimentos práticos, todo o arcabouço normativo e legal, atividades e exercícios que apresentam a realidade da auditoria, objetivando a capacitação do discente para a atuação nos processos de auditoria de balanços, da mesma forma que será capacitado para planejar, executar e controlar os processos de auditoria exercendo diversos papéis no conjunto de funções dos auditores.
Tal capacitação se dá desde a fundamentação inicial com o alicerce teórico e as atividades relacionadas a auditoria de balanços, levando em consideração as boas práticas de mercado, as normas e a legislação aplicável.
Durante o curso, por meio dos e-books, dos exemplos de casos reais e dos exercícios propostos, o discente deve adquirir e ampliar seus conhecimentos acerca do tema e isto possibilita a capacitação para que atue de forma independente e com alto grau de efetividade e eficiência, objetividade e capacidade conclusiva no cumprimento do seu papel como auditor, ou de um funcionário que atue ou que queira migrar para as áreas correlatas, tais como governança corporativa, gestão de riscos, controles internos e compliance, entre outras diversas áreas que compõem o emaranhado da gestão empresarial, tão carente de bons profissionais de auditoria.

• A origem da auditoria e o contador na função de auditor
• CNAI - cadastro nacional de auditores independentes
• Normas de auditoria contábil
• Trabalhos de asseguração
• Auditoria interna x auditora externa - prerrogativa profissional
• NBC Seções TA 200 a TA 800
• Natureza das informações contábeis e procedimentos de auditoria
• Necessidade de que a auditoria seja conduzida dentro de um período de tempo razoável e a um custo razoável
• Risco de auditoria - riscos de distorção relevante, risco de detecção, risco inerente e risco de controle
• Formação da opinião do auditor e objetivos da auditoria
• O processo de formação da auditoria e atingimento dos objetivos
• Requisitos éticos, ceticismo profissional, julgamento profissional
• Materialidade, referencial de materialidade, porcentagem a ser considerada e materialidade para execução de auditoria
• Evidência de auditoria e papéis de trabalho
• Planejamento
• Identificação e avaliação dos riscos de distorção relevante
• Avaliação do ambiente do controle interno
• Amostragem em testes de controle
• Responsabilidade pela prevenção e detecção da fraude
• Procedimentos analíticos substantivos
• Confirmações externas
• Amostragem
• Relatório do auditor
• Tipos de opinião modificada
• Determinação do tipo de modificação na opinião do auditor
• Continuidade operacional
• Principais assuntos de auditoria
• Parágrafo de ênfase

BRASIL, 1946. Decreto-Lei 9.295 de 27 de maio de 1946. Cria o Conselho Federal de Contabilidade, define as atribuições do Contador e do Guarda-livros, e dá outras providências.

______. Lei n. 6.404, de 15 de dezembro de 1976.

CARMICHAEL D.R., WILLINGHTAM J.J. e SHCALLER, C.A. – Auditing concepts and methods: a guide to current theory and practice – Sexta Edição, Editora Irwin McGraw-Hill, 1996.

CREPALDI, Silvio Aparecido. Auditoria Contábil. 6° ed. São Paulo: Atlas, 2010.

______. Auditoria contábil: teoria e prática. 8ª ed. São Paulo: Atlas, 2012.

Conselho Federal de Contabilidade – CFC. Resolução n. 560/1983.
______. Resolução nº 1.024 de 15 de abril de 2005

______. Normas brasileiras de contabilidade: NBC TA–de auditoria independente: NBC TA 200 Objetivos Gerais.

______. 2016/NBCTA330 (R1) - Resposta do Auditor aos Riscos Avaliados, 2016

______. NBC TA 530- Amostragem em Auditoria, 2009.

______. NBC TA 700 - Formação da Opinião e Emissão do Relatório do Auditor Independente sobre as Demonstrações Contábeis.

_______. NBC TA 701 - Comunicação dos Principais Assuntos de Auditoria no Relatório do Auditor Independente.

_______. NBC TA 705 - Modificações na Opinião do Auditor Independente.

_______. NBC TA 706 - Parágrafos de Ênfase e Parágrafos de Outros Assuntos no Relatório do Auditor Independente.

_______. 2016/NBCTA240 (R1) - Responsabilidade do Auditor em Relação a Fraude, no Contexto da Auditoria de Demonstrações Contábeis, 2016.

_______. 2016/NBCTA315 (R1) - Identificação e avaliação dos riscos de distorção relevante nas demonstrações contábeis por meio do entendimento da entidade e do seu ambiente, 2016.

IFAC. Guia de utilização das normas de auditoria em auditorias de entidades de pequeno e médio portes: orientações práticas. Vol. II. 2ª ed. IFAC, 2010.
PUNCEL, Luis. Audit procedures 2008. CCH, 2007.

Sobre o professor

Mestre em Ciências Contábeis (FECAP/SP). Coordenador da pós graduação em Auditoria e em Perícia. Professor e pesquisador nos programas de pós graduação lato sensu da FECAP(SP). Professor na pós graduação da UNISAL/Campinas(SP). Professor no programas de Graduação da FECAP(SP). Instrutor/Palestrante do CRC/SP em Perícia Contábil. Instrutor/Palestrante em programas de treinamentos in company. Perito contador judicial e extrajudicial com atuação nas áreas contábil, financeira e administração judicial. Experiência gerencial corporativa em Administração e Finanças na multinacional Xerox do Brasil (19 anos), com ênfase nas áreas Contábil, Administrativa e Financeira, Controladoria, Legal Collection, Controles Internos e Auditoria Interna. Experiência em gestão de projetos (lean six sigma).

Émerson Nogueira Sales

Compartilhe :

Receba tudo que rola no universo FECAP?

Ou