fbpx

Riscos, Compliance, Lei Anticorrupção

| Online

Carga Horária: 15 horas/aula

Data: 28 de setembro à 30 de outubro

Valores: Alunos, ex-alunos FECAP R$ 172,50 Externos: R$ 345,00

Período de Inscrição: até 02 outubro - 10% de desconto para matrícula realizada até 02 outubro

Prof. Émerson Nogueira Sales

Sobre o curso

PÚBLICO-ALVO:

Profissionais interessados em adquirir capacitação diferenciada e de alto nível em GRC – gestão de riscos e compliance com foco na lei anticorrupção.

Os profissionais que já atuam em auditoria poderão atualizar e aprimorar seu conhecimento prático preexistente, avançando de forma consistente e alinhada com as melhores práticas, normas e legislação aplicável. Para os ingressantes e interessados na área de auditoria e de gestão de riscos, o curso permitirá uma introdução ajustada às suas necessidades e com a sequência dos módulos o discente atingirá o alto nível de entendimento dos conteúdos do curso, capacitando-o a ingressar na auditoria e na gestão de riscos, compliance e também no atendimento da lei anticorrupção, se relacionar com os processos que envolvem as atividades de auditoria e riscos, alavancando seu currículo e sua carreira.

Os profissionais que de alguma forma tem contato com a auditoria e com a gestão de riscos, seja como auditores, auditados ou gestores, poderão desenvolver o conhecimento e a capacitação necessária ao seu dia-a-dia e ao projeto de auditoria, permitindo a aplicação prática dos procedimentos de auditoria e gestão de riscos. Independentemente do nível hierárquico ou dos papéis exercidos pelo discente no seu ambiente de trabalho, ao final do curso ele terá capacitação para atuar nas mais complexas atividades e nos diversos níveis hierárquicos do ambiente de auditoria e de gestão de riscos.

CONDIÇÃO ESPECIAL

10% de desconto para matrícula realizada até 02 outubro

Conteúdo

O conteúdo desenvolvido apresenta a discussão prática e da vivência dos gestores e auditores, com conceitos fundamentais e procedimentos práticos, todo o arcabouço normativo e legal, atividades e exercícios que apresentam a realidade da auditoria e da GRC, objetivando a capacitação do discente para a atuação nos processos de GRC, da mesma forma que será capacitado para planejar, executar e controlar os processos de auditoria e GRC exercendo diversos papéis no conjunto de funções da área.
Tal capacitação se dá desde a fundamentação inicial com o alicerce teórico e as atividades relacionadas a auditoria e GRC, levando em consideração as boas práticas de mercado, as normas e a legislação aplicável.
Durante o curso, por meio dos e-books, dos exemplos de casos reais e dos exercícios propostos, o discente deve adquirir e ampliar seus conhecimentos acerca do tema e isto possibilita a capacitação para que atue de forma independente e com alto grau de efetividade e eficiência, objetividade e capacidade conclusiva no cumprimento do seu papel como auditor e gestor de riscos, ou de um funcionário que atue ou que queira migrar para as áreas correlatas, tais como governança corporativa, gestão de riscos, controles internos e compliance, entre outras diversas áreas que compõem o emaranhado da gestão, tão carente de bons profissionais de auditoria.

• Corrupção (origem, causas e impactos);
• Leis aplicáveis, Foreign Corrupt Practices Act (FCPA) UK Bribery Act e a simetria com a Lei Anticorrupção (sujeitos ativos e passivos, responsabilidade objetiva, atos lesivos);
• Processos de prevenção de riscos e de combate à corrupção na relação entre as empresas e com o governo, perfil do risco e o foco econômico-financeiro;
• Ética e compliance;
• Código de ética, políticas e procedimentos de integridade e revisões;
• Conceito e pilares de um programa efetivo de compliance;
• Aderências aos processos e programa de compliance e de gestão de riscos;
• Pilares de um programa efetivo de compliance, riscos, falhas e danos advindos.

ABNT. NBR ISO 31000:2009. Gestão de Riscos – Princípios e Diretrizes. Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) ISO 31000:2009.

BERNSTEIN, P. L. Desafio aos deuses: a fascinante história do risco. 35. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 1997

BRASIL. Lei nº 12.846, de 01 de agosto de 2013. Disponível em: Acesso em 22 fev 2020

______. Lei n. 12.846, de 01 de agosto de 2013. Disponível em: Acesso em 22 fev 2020

______. Decreto n. 8.420 de 18 de março de 2015. Disponível em: Acesso em 07 mar 2020

CGU – Controladoria Geral da União, 2015. Disponível em: Acesso em 07 mar 2020.

COIMBRA, F. C. Estruturação de unidade de gestão de riscos em bancos: um estudo de caso 2006. Dissertação (Mestrado em Administração de Empresas) – Universidade de São Paulo – 2006.

COSO – Comitee of Sponsoring Organizations of the Treadway Commission. Internal Control Report – Integrated Framework, 2012. Disponível em: Acesso em 07 mar 2020

IBGC – Instituto Brasileiro de Governança Corporativa, 2007. Disponível em: https://conhecimento.ibgc.org.br/Paginas/Publicacao.aspx?PubId=22121. Acesso em 08 de mar 2020.

Johnston. M. Political corruption and public policy in America. Monterey. Brooks/Cole. 1982.
Journal of Economic Surveys (2018) Vol. 32, No. 2, pp. 335–356 2017 John Wiley & Sons Ltd.

Sobre o professor

Mestre em Ciências Contábeis (FECAP/SP). Coordenador da pós graduação em Auditoria e em Perícia. Professor e pesquisador nos programas de pós graduação lato sensu da FECAP(SP). Professor na pós graduação da UNISAL/Campinas(SP). Professor no programas de Graduação da FECAP(SP). Instrutor/Palestrante do CRC/SP em Perícia Contábil. Instrutor/Palestrante em programas de treinamentos in company. Perito contador judicial e extrajudicial com atuação nas áreas contábil, financeira e administração judicial. Experiência gerencial corporativa em Administração e Finanças na multinacional Xerox do Brasil (19 anos), com ênfase nas áreas Contábil, Administrativa e Financeira, Controladoria, Legal Collection, Controles Internos e Auditoria Interna. Experiência em gestão de projetos (lean six sigma).

Émerson Nogueira Sales

Compartilhe :

Receba tudo que rola no universo FECAP?

Ou