fbpx

ACERVOS DIGITAIS

BIBLIOTECA VIRTUAL CENGAGE

Em busca de ampliar o acervo disponível virtualmente, a FECAP assina a Biblioteca Virtual Cengage, que permite aos alunos acessarem obras digitais disponíveis na base científica. 

As obras ficam disponíveis no catálogo da biblioteca e no catálogo da Cengage.  

Para acessá-los:  

Clique em Consulta ao Acervo> Selecione o filtro – Ebook> Busque o título> Clique no Cadeado> Uma tela de login será aberta> Coloque sua matrícula e senha cadastrada da Biblioteca > Insira um e-mail para cadastro > Preencha com seus dados > Inicie a sua leitura.

OU

Selecione um dos títulos de e-books assinados que estão listados abaixo por área do conhecimento> Busque na lista e Clique no E-book do seu interesse> Coloque sua matrícula e senha cadastrada da Biblioteca > Insira um e-mail para cadastro > Preencha com seus dados > Inicie a sua leitura.    

preenchimento dos dados na base da Cengage só será necessário no primeiro acesso.    

BANOV, Márcia R. Comportamento do consumidor: Vencendo desafios. 2017 

DAFT, Richard L. Organizações: Teoria e projetos. 2015 

DAFT, Richard L. Administração. 2018 

DENHARDT, Robert B.; CATLAW, Thomas J. Teorias da administração pública. 2017 

DRUMMOND, Virgínia S. Confiança e liderança nas organizações. 2007 

EGGER-MOELLWALD, Lícia. Comunicação corporativa: A disputa entre a ficção e a realidade. 2011 

GIDO, Jack; CLEMENTS, Jim; BAKER, Rose. Gestão de projetos. 3.ed. 2020 

HITT, Michael A.; IRELAND, R. D.; HOSKISSON, Robert E.  Administração estratégica: Competitividade e globalização, conceitos. 4.ed. 2020 

HOSKISSON, Robert E.; IRELAND, R. D.; HARRISON, Jefrey S. Estratégia competitiva. 2009 

FREITAS, Maria E. de. Cultura organizacional: Evolução e crítica. 2012 

JAIME, Pedro; LUCIO, Fred. Sociologia das organizações: Conceitos, relatos e casos. 2018 

LAASCH, Oliver; CONAWAY, Roger N. Fundamentos da gestão responsável: sustentabilidade, responsabilidade e ética. 2015  

LONGENECKER, Justin Gooderl. Administração de pequenas empresas: lançando e desenvolvendo iniciativas empreendedoras. 2. ed. 2019 

MARQUES, José Carlos. Comportamento organizacional. 2016 

OLIVEIRA, Otávio J. Curso básico de gestão da qualidade. 2014 

PENG, Mike W. Estratégia global. 2008 

ROSA, José A. (2012). Carreira: Planejamento e gestão.  

ROSA, José A.; MARÓSTICA, Eduardo. Modelos de negócios: organizações e gestão. 2012  

ROSINI, Alessandro Marco.; PALMISANO, Angelo. Administração de sistemas de informação e a gestão do conhecimento. 2. ed. rev. e ampl. 2012 

SILVA, Fábio G. da ; ZAMBON, Marcelo S. (2015). Gestão de relacionamento com o cliente. 3rd. Ed.2015 

SIQUEIRA, João Paulo Laura de et al. Estratégia para corporações e empresas: teorias atuais e aplicações. 2012 

TADEU, Hugo Ferreira Braga; SALUM, Fabian Ariel. Estratégia, operações e inovação: paradoxo do crescimento. 2012  

TANKE, Mary L. Administração de recursos humano em hospitalidade. 2. ed., rev. e atual. São Paulo: Cengage Learning, 2014 

VECCHIO, Robert P. Comportamento organizacional. 2012  

WILLIAMS, Chuck. ADM: Princípios de administração. 2.ed. 2018 

ZETTL, Herbert. Manual de produção de televisão. 2017 

ALBUJA SALAZAR, José N.; BENEDICTO, Gideon C. de. Contabilidade financeira. 2004 

BORGERTH, Vania Maria da Costa. SOX: Entendendo a Lei Sarbanes-Oxley: Um caminho para a informação transparente. 2012 

FISCHER, Paul M.; TAYLOR, William J.; CHENG, Rita H. Advanced accounting. 12. ed. 2016 

GRAMLING, Audrey A.; RITTENBERG, Larry E.; JOHNSTONE, Karla M. Auditoria. 2016  

HANSEN, Don R.; MOWEN, Maryanne M. Gestão de custos: Contabilidade e controle. 2012 

HALL, James A. Accounting information systems. 10th ed. 2019 

JOHNSTONE, Karla M.; GRAMLING, Audrey A.; RITTENBERG, Larry E. Auditing: a risk based-approach. 11th ed. 2018 

LEITE, Joubert da S. J. Manual de contabilidade societária e regulatória aplicável a entidades do setor elétrico – normas e pronunciamentos do Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC) e da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). 2012 

LUZIO, Eduardo. Fusões e aquisições em ato: Guia prático: Geração e destruição de valor em M&A. 2014 

NEEDLES, Belverd E., Jr.; POWERS, Marian; CROSSON, Susan V. Principles of accounting. 12th ed. 2014 

PADOVEZE, Clóvis L. Introdução à contabilidade: Com abordagem para não-contadores. 2nd. ed. 2016 

PADOVEZE, Clóvis L. Controladoria avançada. 2005 

PADOVEZE, Clóvis L. Controladoria estratégica e operacional: Conceitos, estrutura, aplicação. 3. ed. rev., atual. 2013 

PADOVEZE, Clóvis L. Curso básico gerencial de custos: Texto e exercícios. 2. ed., rev. ampl. 2012 

PADOVEZE, Clóvis L. Contabilidade de custos: Teoria, prática, integração com sistemas de informação (ERP). 2013 

PADOVEZE, Clóvis L. Controladoria Básica. 3. ed. rev. e atual. 2016 

PADOVEZE, Clóvis L. Controladoria estratégica aplicada: Conceitos, estrutura e sistema de informações. 2017 

PADOVEZE, Clóvis L. Planejamento orçamentário. 3. ed. rev. e atual. 2015 

PADOVEZE, Clóvis L. et al. Contabilidade e gestão tributária: Teoria, prática e ensino. 2018 

PADOVEZE, Clóvis L.; BENEDICTO, Gideon C. de; LEITE, Joubert da S. J. Manual de contabilidade internacional: IFRS – US Gaap – BR Gaap: Teoria e prática. 2014 

PADOVEZE, Clóvis Luís; BENEDICTO, Gideon Carvalho de. Análise das demonstrações financeiras. 3. ed. 2011 

SALIM, Jean J. Contabilidade & finanças de A a Z: Guia prático de termos técnicos inglês-português-inglês. 2017  

SILVA, José P. da. Gestão e análise de risco de crédito. 9th. Ed. 2018 

WARREN, Carl S.; REEVE, James M.; DUCHAC, Jonathan E. Financial Accounting. 15th ed. 2018 

WARREN, Carl S.; REEVE, James M.; DUCHAC, Jonathan E. Fundamentos de contabilidade: Principios. 2018 

WARREN, Carl S.; REEVE, James M.; DUCHAC, Jonathan E. Accounting. 27th ed. 2018 

WEIL, Roman L.; SCHIPPER, Katherine; FRANCIS, Jennifer. Contabilidade financeira: introdução aos conceitos, métodos e aplicações. 2. ed. 2017 

ANDERSON, David R. et al. (2019). Estatística aplicada á administração e economia .  

ANDERSON, David R.; SWEENEY, Dennis J.; WILLIAMS, Thomas A. Essentials of modern business statistics with Microsoft Office Excel. 2017 

ARENALES, Selma H. de V.; DAREZZO, Artur. Cálculo numérico: Aprendizagem com apoio de software.  

BISPO, Carlos A. F.; CASTANHEIRA, Luiz B. ; SOUZA FILHO, Oswaldo M. Introdução à lógica matemática. 2012 

BONETTO, Giácomo A.; MUROLO, Afrânio. Fundamentos de matemática para engenharias e tecnologias. 2016 

CASELLA, George; BERGER, Roger L. (2019). Inferência estatística .  

CASTELO BRANCO, Anísio C. Matemática financeira aplicada: método Algébrico, HP-12C e Microsoft Excel. 4. ed. rev. ampl. 2015 

FIGUEIREDO, A. C. Introdução aos derivativos. 2019 

GOMES, Francisco M. Pré-calculo: Operações, equações, funções e trigonometria. 2019 

JOHNSON, Robert; KUBY, Patricia. Estat.  2014 

LARSON, Ron. Cálculo aplicado: Curso rápido. 2. ed. 2016 

LARSON, Ron. Elementos de álgebra linear. 2017 

LEITE, Angela. Aplicações da matemática: Administração, economia e ciências contábeis. 2.ed. 2015 

MUROLO, Afrânio C.; BONETTO, Giácomo A. Matemática aplicada a administração, economia e contabilidade. 2.ed. rev. e ampl. 2012 

POOLE, David. Álgebra linear: Uma introdução moderna. 2.ed. 2016 

SANDOVAL JUNIOR, Leonidas. Álgebra linear: Para ciências econômicas, contábeis e da administração. 2011 

SILVA, Luiza M. O. da; MACHADO, Maria A. S. Matemática aplicada à administração, economia e contabilidade: Funções de uma e mais variáveis. 2014 

SOUZA, Marco Antonio Furlan de et al. Algoritmos e lógica de programação: um texto introdutório para a engrenharia. 3. ed. 2019 

STEWART, James. Cálculo – Vol. 1. 2017  

STEWART, James. Cálculo – Vol. 2. 2016 

STRANG, Gilbert. Álgebra Linear e suas aplicações. 2010 

TAN, S. T.   Matemática aplicada administração e economia. 3. ed. rev. 2014 

VIEIRA, Sonia. Estatística básica. 2.ed. 2018 

ZILL, Dennis G. Equações diferenciais: Com aplicações em modelagem. 3.ed. 2016 

Novas aquisições

A FECAP disponibiliza à sua comunidade acadêmica bases de dados nacionais e internacionais.  
O acesso às bases é livre dentro da Instituição, porém há restrições a acessos externos. 

EBSCOhost

EBSCOhost é uma Base de Dados com abrangência Internacional. Essa ferramenta consiste em um sistema de referência on-line e pode ser utilizada em diversas línguas, inclusive Português. Além de publicações acadêmicas, ela oferece uma variedade de bases de dados de textos completos, resumos, relatórios de empresas, etc. 

Bases de Dados disponíveis: Business Source Premier, FSTA – Food Science and Technology Abstracts, CAPES FSTA Full Text Collection, Business Source Complete, Food Science Source 

A base pode ser acessada pelo navegador ou no aplicativo EBSCO

Tutorial de uso do App EBSCO 

Para acesso externo da EBSCO pelo navegador: Portal FECAP > Institucional > Biblioteca > EBSCO > Matrícula e Senha da INTRANET

Reproduzir vídeo

CAPES

A CAPES é uma Fundação Pública que auxilia na formação e aperfeiçoamento de pessoas para o nível superior. 

A Fundação promove o acesso e a divulgação da produção científica, bem como auxilia na cooperação com a comunidade acadêmica e científica internacional. 

Além disso, realiza a avaliação dos programas e cursos de pós-graduação stricto sensu do País, contribuindo para a elevação da qualidade do ensino superior. 

Tutorial de acesso externo Capes

Reproduzir vídeo

Dissertações FECAP

Biblioteca Digital de Dissertações da FECAP tem o acervo de produção científica dos alunos dos cursos de Mestrado Profissional em Administração e Mestrado Acadêmico em Contabilidade. 

O DOAJ é um diretório on-line com curadoria da comunidade que indexa e fornece acesso a periódicos de alta qualidade, com acesso livre e revisão por pares. O Directory of Open Access Journals é independente e todo seu financiamento é através de doações, 40% das quais provêm de patrocinadores e 60% de membros da editora.  

Todos os serviços do DOAJ são gratuitos e indexados. Todos os dados estão disponíveis gratuitamente.

Coleção de publicações periódicas com texto completo nas áreas de Administração, Contabilidade, Ciência da Informação, Ciências Sociais, Engenharia Mecânica, Engenharia Elétrica e Engenharia de Produção. 

Coleção de periódicos com texto completo nas áreas de Ciências Sociais Aplicadas e Ciências Humanas. 

O Spell – Scientific Periodicals Electronic Library é um sistema de indexação, pesquisa e disponibilização gratuita da produção científica. Tem como objetivo central promover o acesso, organização, disseminação e análise da produção científica de distintas áreas do conhecimento. 

Iniciado em 2012, concentra, inicialmente, a produção científica das áreas de Administração, Contabilidade e Turismo publicadas a partir de 2008. 

Descrição: Scientific Electronic Library Online – SciELO é uma biblioteca eletrônica que abrange uma coleção selecionada de periódicos científicos brasileiros. A SciELO é o resultado de um projeto de pesquisa da FAPESP- Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, em parceria com a BIREME- Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde. Desde 2002, o Projeto conta com o apoio do CNPq- Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. O Projeto tem por objetivo o desenvolvimento de uma metodologia comum para a preparação, armazenamento, disseminação e avaliação da produção científica em formato eletrônico. 

A Rede SciELO Livros visa à publicação online de coleções nacionais e temáticas de livros acadêmicos com o objetivo de maximizar a visibilidade, acessibilidade, uso e impacto das pesquisas, ensaios e estudos que publicam. 

Coleção com texto completo cobrindo as áreas de Ciências Biológicas, Ciências da Saúde, Ciências Exatas e da Terra, Ciências Agrárias, Ciências Sociais Aplicadas, Ciências Humanas e Linguística, Letras e Artes. 

SITES DE PESQUISA

BIBLIOTECAS DIGITAIS

A Biblioteca Digital de Dissertações da FECAP – BDD/FECAP – é uma iniciativa da Biblioteca Paulo Ernesto Tolle em parceria com o Mestrado e o Departamento de Tecnologia, que visa disponibilizar em meio eletrônico, no formato ‘PDF’, a produção do programa de pós-graduação strictu sensu. 

Também disponível no catálogo da Biblioteca/consulta ao acervo. 

Base do conhecimento científico, registrado, organizado e armazenado em formato eletrônico, que busca integrar os sistemas de informação de teses e dissertações existentes nas Instituições de Ensino Superior (IES) brasileiras.

Organização internacional patrocinada pela Unesco que se dedica a promover a adoção, criação, uso, disseminação e preservação de dissertações e teses em meio eletrônico. 

Promove acesso livre a teses e dissertações em formato ‘PDF’ de universidades americanas. Esse banco de dados acadêmico de acesso aberto é uma iniciativa da ProQuest’s UMI Dissertation Publishing.

Criada para disponibilizar na Internet o conhecimento produzido pelos trabalhos defendidos na Universidade de São Paulo, permitindo que as comunidades brasileiras e internacionais possam ter em mãos a versão digital completa das teses e dissertações. 

Disponibiliza e difunde a produção científica, acadêmica e intelectual da Universidade em formato eletrônico/digital. 

Oferece acesso ao texto completo das teses/dissertações defendidas na Unesp. 

Reúne e disponibiliza as Teses de Doutorado em Economia, Dissertações do Mestrado em Economia e Dissertações do Mestrado Profissional em Finanças e Economia Empresarial da Fundação Getúlio Vargas. 

FERRAMENTAS ANTI-PLÁGIO

Ponderações e dicas para se evitar o Plágio Acadêmico

Os programas que permitem verificar a ocorrência de plágio são algoritmos que fazem a comparação entre um texto apresentado pelo usuário com o que está disponibilizado na internet de forma geral, mas também os conteúdos de instituições e aqueles que são de acesso restrito apenas para quem tem assinatura.  

Assim, os programas pagos conseguem verificar mais similaridades de texto porque mantêm acordos comerciais com instituições e empresas, conseguindo que o algoritmo confronte o texto do usuário com mais fontes. 

O alcance dos programas gratuitos, por sua vez, é limitado, devido a essas restrições de acesso. Por esse motivo, o mesmo texto apresentado por um usuário pode ter relatórios de similaridades bem diferentes gerados por softwares gratuitos e pagos. Além disso, os relatórios de similaridades gerados pelos softwares sempre precisam ser analisados e interpretados. 

A lei de direitos autorais permite o uso de determinados conteúdos em certas finalidades que não tenham interesses comerciais, como, por exemplo, no campo educacional ou de pesquisa, desde que a fonte utilizada seja citada e identificada. Portanto, mesmo que o relatório reconheça trechos copiados, se isso estiver feito da forma requerida pelas normas legais e convenções de escrita, não há configuração de plágio. 

Para mais informações, consulte o livro: KROKOSCZ, Marcelo. Autoria e plágio: um guia para estudantes, professores, pesquisadores e editores. São Paulo: Atlas, 2012. 

Também deixamos disponível o documento Ponderações e dicas para se evitar o Plágio Acadêmico. 

Quer saber mais sobre FECAP?

0