fbpx

Estudo da Língua Brasileira de Sinais – Libras

| Online

Carga Horária: 40h

Data: 28 de agosto à 18 de dezembro | 13h30 às 15H, aos sábados

Valores: Alunos, ex-alunos FECAP R$ 100,00 Externos: R$ 500,00

Período de Inscrição: até 11 de setembro

Prof. Adriana Horta de Matos

Sobre o curso

PÚBLICO-ALVO:

Alunos e profissionais que busquem aprimorar seus conhecimentos

OBJETIVO(S):

  • Discutir os aspectos principais que envolvem a língua de sinais, tais como: a comunidade surda, cultura e identidades surdas.
  • Conhecer aspectos sociolinguísticos, semânticos e gramaticais da Libras.
  • Desenvolver competências comunicativas que assegurem aos participantes condições básicas de comunicação em Libras;

Conteúdo

● Pode se chamar de Surdo ou é deficeinte auditivo? - A construção da identidade surda e a história da comunidade surda brasileira;
● Libras, que língua é essa? - Mitos e verdade sobre as línguas de sinais e a Libras;
● Parâmetros fonológicos e Alfabeto brasileiro de sinais;
● Prática de conversação I: Como acolher a pessoa surda em Libras;
● Prática de conversação II: Temas do nosso cotidiano em Libras;
● Variações linguísticas da Libras no território brasileiro.

● Aulas síncronas e remotas pela plataforma Zoom;
● Aulas expositivas dialogadas entre a professora e os estudantes;
● Interações entre os próprios estudantes mediadas pela professora;
● Leitura de vídeo-textos em Libras, prática e produção;
● Aulas expositivas de aspectos e fundamentos teóricos.

Avaliação contínua durante os momentos de práticas, uma atividade individual e uma em grupo.
Frequência mínima: 75% das aulas e atividades.

CAPOVILLA, F. C.; RAPHAEL, W.D.; TEMOTEO, J.G.; MARTINS, A. C. Dicionário da Língua de Sinais do Brasil: A Libras em Suas Mãos. Volume 1: Sinais de A a D. 1. ed. São Paulo, SP: Edusp, 2017. v. 1. 1130p.
GESSER, Audrei. LIBRAS? Que língua é essa? Crenças e preconceitos em torno da língua de sinais e da realidade surda. São Paulo: Parábola, 2009.

STROBEL, K. As imagens do outro sobre a cultura surda. Florianópolis: Editora da UFSC, 2008a.

Sobre o professor

Adriana Horta de Matos é mestranda em Educação e Saúde pela UNIFESP, especialista em Educação Inclusiva pela Faculdade de Educação São Luís e especialista em Tradução Interpretação Libras/Português pelo Instituto Singularidades. Atualmente está atuando como consultora e intérprete de libras na Fundação Padre Anchieta para a TV Educação Centro de Mídias do Estado de São Paulo.  Tem experiência como docente no Ensino Superior, Educação básica em instituições públicas e privadas no atendimento aos educandos surdos, tais como: Senac, Uninove, Unip, Uninter, Uníntese, Faq, CAPE – SEDUC e EMEBS Anne Sullivan. Atuou como consultora de Libras e inclusão em diversas instituições, tais como: Fundação Carlos Chagas e Ernest Young e foi instrutora de Libras nas Ong: Mais Diferenças e Instituto Adhara.

Adriana Horta de Matos

Compartilhe :

Receba tudo o que rola no universo FECAP

Ou