fbpx

Roubo e furto de tratores crescem 52% no Estado de São Paulo, nos sete primeiros meses do ano

Boletim Tracker-Fecap traz cidades e modelos com maior incidência de eventos O número de...
Imprensa | 16/11/2023
Compartilhe:

Boletim Tracker-Fecap traz cidades e modelos com maior incidência de eventos

O número de ocorrências envolvendo máquinas agrícolas aumentou 51,67%, entre janeiro e julho, no Estado de São Paulo, na comparação com o mesmo período do ano passado. Os dados estão no Boletim Tracker-Fecap, que acaba de ser divulgado. Nos sete primeiros meses de 2023 foram 91 eventos, contra 60 do ano passado.

“O crescimento do agronegócio tem relação direta nesse comportamento. O aumento na frota desta categoria provoca uma maior exposição das máquinas, que ultrapassam, facilmente, a casa dos seis dígitos, motivando o crime. Após a prática do delito, os veículos são descaracterizados, com a retirada de placas, adesivos e possíveis identificações e são revendidos em outros estados como GO, PR e MT”, analisa o coordenador do Comando de Operações do Grupo Tracker, Vítor Corrêa.

Para o coordenador do Departamento de Pesquisas em Economia do Crime da FECAP, Erivaldo Costa Vieira, é preciso destacar também que “além do impacto operacional que a perda de um trator pode causar em uma propriedade, há o impacto econômico direto a considerar, dada a alta valorização destas máquinas no mercado”.

O Boletim Tracker-Fecap analisou os dados de roubo e de furto separadamente. Os eventos de roubo cresceram 44,4% nos sete primeiros meses do ano. Foram 39 este ano e 27 no mesmo período de 2022. “Os criminosos de roubo de tratores não estão concentrados em uma região específica do estado. Eles podem operar em diferentes municípios, de acordo com as oportunidades. Apenas sete municípios registraram mais de um roubo, sendo que o município de São Paulo registrou a maioria, com cinco casos”, acrescenta Erivaldo Costa Vieira.

 
TOP CidadesContagem
S.PAULO5
BIRITIBA-MIRIM4
MOGI MIRIM2
S.ANDRE2
GUARULHOS2
MAUA2
AMERICANA2

Os modelos mais visados são:

  • MR/JCB 3CX 2WS4WD
  • M.A./MASSEY-FERGUSON
  • MR/CASE 580N TC
  • MR/JOHNDEERE 310L
  • MR/CAT 416

            Os furtos tiveram uma alta mais expressiva que os roubos: crescimento de 57,58%. Entre janeiro e julho foram 52 ocorrências e nos sete primeiros meses do ano passado foram 33.

            A cidade de Conchas foi a recordista de eventos, quatro no total.

TOP CidadesContagem BO
CONCHAS4
RIBEIRAO PIRES3
TUIUTI2
RIO CLARO2
CAMPINAS2
PIRACICABA2
SALTINHO2

Os crimes de furtos também não são concentrados. Apenas sete municípios registrando mais de duas ocorrências no período de 2022 a 2023. “A dispersão dos crimes de furto de tratores no estado de São Paulo dificulta o trabalho das autoridades policiais”, avalia Vitor Correa.

            As marcas e modelos mais visados para furto são:

  • M.A./MASSEY-FERGUSON
  • MO/JCB 214E
  • MA/VALTRA A950
  • M.A./CATERPILLAR
  • M.A./NEW HOLLAND

“Como esses veículos dificilmente trafegam pelas rodovias e ficam alocados em propriedades particulares, o trabalho de identificação e recuperação pela polícia se torna quase impossível, por isso, a grande importância em contratar um serviço de monitoramento e rastreamento para essa categoria”, finaliza o coordenador do Comando de Operações do Grupo Tracker.

Notícias Relacionadas

SIGA A FECAP NAS REDES SOCIAIS

Quer saber mais sobre a FECAP?

© Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado - FECAP - Todos os direitos reservados