fbpx

30/09, Dia do Profissional de Secretariado: saiba mais sobre a carreira

Neste sábado, 30 de setembro, comemoramos o Dia Nacional do Profissional de Secretariado. A...
Graduação | 26/09/2023
Compartilhe:

Neste sábado, 30 de setembro, comemoramos o Dia Nacional do Profissional de Secretariado. A data tem origem no ano de 1850, quando Lillian Sholes foi a primeira mulher a utilizar uma máquina datilográfica em público, testando a invenção de seu pai, Christopher Sholes.  
 

Segundo a Coordenadora do curso de Secretariado Executivo da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FECAP), Dra. Renira Appa, o perfil e as atribuições desse profissional mudaram muito, sobretudo nos últimos anos e depois da pandemia de Covid-19.  

“Um dos principais desafios dessa carreira, na atualidade, é passar a barreira sexista e deixar de ser uma profissão predominantemente feminina, além de combater a falsa crença de que qualquer pessoa, com qualquer formação, pode exercer este papel administrativo de total confiança e discrição no que tange a assessorar um superior imediato ou vários. O profissional de Secretariado Executivo é um gestor necessário a todo executivo, assessorando e otimizando o tempo do superior imediato. Qualquer empresário, CEO, diretor, gerente e outros, não pode prescindir do seu braço direito”, afirma a docente.  

O profissional formado em Secretariado Executivo é bastante versátil e pode atuar em vários setores da economia, como: indústria, comércio, serviço, ONGs, órgãos públicos etc.  

“Essa versatilidade faz com que o mercado de trabalho para secretários seja amplo. O profissional de secretariado executivo desempenha diversas funções em uma organização. Muito além da imagem de alguém que só atende telefones e agenda reuniões, hoje em dia, o profissional assume mais compromissos e suas responsabilidades estão bem distantes dos serviços burocráticos e rotineiros de outrora. Trata-se de um gestor.”, acrescenta Renira.  

Para quem quer se destacar na profissão, a professora universitária afirma que é fundamental possuir algumas características, tais como habilidades de comunicação empresarial, planejamento, organização e otimização de processos. Outro ponto comum entre quem se destaca na área é o interesse nas relações interpessoais e na gestão de informações e de documentos.  

“Em escritórios, este profissional pode atuar de recepcionista a assistente administrativo. Ele organiza o ambiente de trabalho, arquiva documentos, redige cartas, ofícios e comunicados. Participa de reuniões, palestras e conferências para registrar o que foi discutido e acordado”, explica.  

A pandemia, novas tecnologias e maior agilidade nas comunicações trazidas nos últimos anos proporcionaram ao profissional de secretariado oportunidades de otimizar o atendimento e o tempo com o home-office e utilizar plataformas como o Zoom e o Teams, por exemplo.  

“O secretariado remoto deixou de ser exceção e passou a ser algo bastante utilizado por executivos de qualquer parte do mundo”, finaliza a professora da FECAP.  

A especialista: Renira Appa é Mestre e Doutora pela USP. Cursou Administração em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas. Possui graduação em Português, Inglês e Francês. É avaliadora do INEP-MEC. Foi Executiva e Diretora de Marketing em várias empresas multinacionais. 

Notícias Relacionadas

SIGA A FECAP NAS REDES SOCIAIS

Quer saber mais sobre a FECAP?

© Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado - FECAP - Todos os direitos reservados