fbpx

Feedback: você sabe dar e receber?

Seu chefe marca uma reunião, e durante a conversa dá um feedback negativo, que você não...
Pós-graduação | 29/07/2021
Compartilhe :

Seu chefe marca uma reunião, e durante a conversa dá um feedback negativo, que você não esperava.  

A situação também pode ser a inversa! Imagine que você é o chefe e está pensando como abordar seus subordinados para passar um feedback de forma que eles não se sintam constrangidos ou chateados. 

As situações parecem delicadas ou difíceis, mas são extremamente comuns no dia a dia do mercado de trabalho e devem ser encaradas da forma mais positiva possível. E lembre-se que o poder está sempre no receptor do feedback. 

Segundo a coordenadora dos programas de Pós-graduação da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FECAP)Elubian Sanchez, é importante não ofender o seu interlocutor e saber dar e receber feedbacks. 

“É interessante notar o fosso entre quem é obrigado a dar feedback daquele que precisa receber feedback. Eles concordam em uma única coisa: de que a outra parte está equivocada”, diz. 

Se há esta distância entre os entendimentos das partes envolvidas, ótimo, tem-se uma oportunidade de aprendizagem. 

A seguir, ela elenca dicas para quem precisa dar e receber melhor feedbacks. 

Treine-se para receber feedback:  há uma enorme oportunidade de melhoria. Você é o receptor e pode aprender, mesmo com feedbacks mal entregues. 

“Por isto agradeça sempre e recepcione bem feedbacks, entendendo que ali pode estar o que não consegue ver.” 

Cuidado com as reações: quem recebe o feedback pode ter uma reação de invalidação por conta de alguns fatores, como de quem veio o feedback, a situação em que recebeu o feedback, e da identificação que teve com o feedback. 

“Estes são gatilhos que nos fazem rejeitar feedbacks que podem ser exatamente o que precisamos melhorar.” 

Não ofenda: na hora de dar o feedback, o gestor deve se atentar à forma de passar a mensagem e, necessita treinar uma comunicação não violenta. 

“Não é o que se diz, mas sim a forma como disse. É preciso estar atento às palavras, transformar o feedback negativo em um incentivo para que aquele funcionário melhore”. E essa transformação é sempre possível fazer. 

Dar e receber feedbacks é o que alguns especialistas também chamam de “people skills”, ou “soft skills” habilidades interpessoais, e não necessariamente baseadas nos seus conhecimentos técnicos. 

Essa habilidade de dar e receber feedbacks está embaixo do guarda-chuva da soft skill Inteligência Emocional, que possui um espectro amplo de habilidades a serem praticadas para serem aprendidas. 

“Ter estratégia emocional é muito importante diante dos problemas da vida e do trabalho. Saber agir diante de determinados gatilhos evita problemas dentro das organizações. A falta de inteligência emocional reflete no alto índice de ansiedade, depressão e outras doenças, que acabam por afastar o funcionário do trabalho, ou pior: demiti-lo”, diz. 

A especialista 

Elubian Sanchez é consultora em desenvolvimento profissional, inovação e estratégia. Pesquisadora em Avaliação e Erros e especialista em Desenvolvimento do Ensino e Aprendizagem. Doutora em Controladoria e Contabilidade da FEA/USP, possui título de mestre neste mesmo programa. É professora e coordenadora na FECAP. Em sua experiência profissional de 24 anos transitou entre as áreas Contábil e de Educação. 

Foi sócia por 15 anos de escritório contábil, sendo responsável pelas áreas Fiscal e Contratos, além de ações na área Contábil. Foi especialista em Ensino e Aprendizagem, mentora de currículo e carreira, além de analista de dados e das avaliações internas de IES (baseadas em objetivos de aprendizagem), dando suporte aos professores e às coordenações da Graduação, Pós-Graduação Lato Sensu e Stricto Sensu no processo de Gestão pela Aprendizagem, muito utilizados em certificações internacionais (AACSB, AMBA e EQUIS).  

FECAP oferece soft skills  

Em todos os cursos de pós-graduação da FECAP, os alunos podem desenvolver as Soft Skills, qualificando e ampliando sua visão empreendedora no mercado de trabalho, como criatividade, liderança e gestão de mudanças.  

Saiba mais sobre os cursos: www.fecap.br

Notícias Relacionadas

SIGA A FECAP NO INSTAGRAM

Quer saber mais sobre a FECAP?