Liderança: quais os maiores desafios de quem é chefe hoje? - FECAP

Liderança: quais os maiores desafios de quem é chefe hoje?

Em empresas e organizações, lidar com a saúde emocional dos colaboradores é um dos principais...
Imprensa | 12/09/2022
Compartilhe:

Em empresas e organizações, lidar com a saúde emocional dos colaboradores é um dos principais desafios contemporâneos – fora a carga tributária e a perspectiva de recessão. Essa é a opinião de Daniela Marques Medeiros, professora do curso de Liderança e Gestão de Pessoas da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FECAP)

“O aumento cada vez mais expressivo nas taxas de afastamento por burnout, ansiedade, depressão e síndrome do pânico têm causado mudanças significativas na maneira de se liderar, especialmente após a pandemia. Outro importante desafio tem sido inserir a temática da diversidade no ambiente corporativo, o que tem levado a uma maior tentativa de adaptação por parte da liderança”, opina a especialista. 

QUE TIPO DE LÍDER VOCÊ É? 

Segundo Daniela, existem várias tipologias que buscam encaixar perfis em estilos conservadores, motivadores, democráticos, burocráticos, coach, aflitivo… e todos esses tipos são e devem ser partes de um líder. 

“A liderança dita ideal deve saber transitar entre esses vários tipos de acordo com a necessidade. A questão sobre encaixar na empresa está mais vinculada a cultura da empresa e propósitos pessoais. A pessoa que é líder deve alinhar sua postura de acordo com a demanda e o objetivo a ser alcançado. Sendo assim, o líder que é flexível consegue ser muito mais adaptativo”, reforça. 

LÍDER RUIM TRAZ PROBLEMAS PARA A EMPRESA 

São diversos os problemas que um líder ruim pode trazer para a empresa, como a falta de alinhamento na equipe, que afeta diretamente a produtividade. A liderança ineficaz pode causar desde desmotivação até assédio moral, o que é um peso absurdo para as empresas; desgaste mental e emocional dos colaboradores, que causa a incapacidade de seguir tendências; além dos problemas de insubordinação e quebra de hierarquia. 

“A liderança é base para a saúde da empresa, é uma competência, e toda competência pode ser desenvolvimento com estudo e treinamento. O primeiro passo é buscar informações, compreender em que estágio se está e identificar onde se pretende chegar. A partir do estudo e diagnóstico inicial, é preciso ter atitude para treinar a liderança, seja em que nível for: familiar, profissional ou outros. Dentro da liderança existem várias competências a serem desenvolvida: é um caminho sem volta de evolução e desenvolvimento constante”. 

A especialista: 

Daniela Marques Medeiros é doutoranda no Programa de Psicologia da Unesp de Assis. Mestre em Relações Internacionais pela PUC/SP pelo Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais da UNESP/UNICAMP/PUC-SP San Tiago Dantas com pesquisa na área de Política Externa Brasileira. Graduada em Relações Internacionais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Área de atuação: Relações Internacionais, com especialidade em estudos de Política Externa Brasileira, História das Relações Internacionais, Teoria das Relações Internacionais, Política Internacional, Organizações Internacionais e Desenvolvimento. Formação Complementar em Coaching e Programação Neurolinguística. 

CURSO DE LIDERANÇA 

O curso “Liderança e Gestão de Pessoas” da FECAP é voltado para profissionais (gestores e colaboradores de empresas, servidores públicos, consultores) e estudantes interessados em adquirir capacitação diferenciada e de alto nível em liderança e gestão de pessoas. O curso é ministrado de forma online com aulas gravadas. O professor responsável fica a disposição para monitoria durante 30 dias, tempo de realização do curso; e as atividades possuem datas pré determinadas para entrega. 

Notícias Relacionadas

SIGA A FECAP NAS REDES SOCIAIS

Quer saber mais sobre a FECAP?