fbpx

Marketing a “alma” do agribusiness

Nunca precisamos tanto dos conhecimentos de marketing como agora no agribusiness . Duas expressões...
Agronegócio | 10/01/2022
Compartilhe :

Nunca precisamos tanto dos conhecimentos de marketing como agora no agribusiness . Duas expressões “ anglo – saxônicas “ , que carecem de uma correta tradução .

Agribusiness nasce na universidade de Harvard anos 50 , com professores John Davis e ray Goldberg , e significa a coordenação de toda a cadeia produtiva de alimentos , fibras, energia , desde a pesquisa , passando pelos produtores rurais , envolvendo o processamento , comércio , serviços e chegando até os consumidores finais . E marketing como definiu brilhantemente peter Drucker significa : “ satisfação dos consumidores com lucro “. Portanto estamos agora numa era onde consumidores definem os destinos das tecnologias , marcas e produtos . O “ papa “ do agribusiness prof ray Goldberg o redefine como um sistema de saúde , um “ food citizenship “. Em palavras de um português claro o mundo comandado pelas percepções dos corações e mentes dos clientes onde economia será determinada por ecologia , porém precisará dar lucro , e a 3a guerra mundial não será com bombas atômicas e sim com bombas neuronicas : o que não for percebido não será conhecido . O que for mal percebido não será vendido nem consumido . Por isso marketing no sentido estratégico e de planejamento passa a ser a “ alma “ de um agronegocio que se transforma em “ agrocidadania “ .


O “ fight for perception “ luta pelas percepções é o segredo do agronegocio doravante . Mais vegetais ou mais proteínas animais ? Dentro dessas categorias quais as que são as melhores para a saúde ? Sozinhas ou em combinações ? O TBC , Texas beef council dos Estados Unidos há anos tenta esclarecer as dietas ótimas para a saúde humana num cardápio de dietas integrando carne vermelha com vegetais , todos os dias . Por outro lado organizações de veganos , vegetarianos , oferecem distintas visões . E em meio a tudo isso surgem os “ flexitarianos “

Marketing que antigamente só se manifestava na Agroindustrializacao , nos supermercados do mundo, agora incluem os originadores . Produtoras e produtores . Quem são , como fazem para produzir e como estão monitorados na rastreabilidade ? Marketing do novo agronegocio envolve a ciência , que tipo de tecnologia, se bioinsumos, com bem estar animal , se organicos , biodinâmicos , ou dentro de filosofias como o plano abc+. E tudo isso com quais níveis de mitigação de carbono na atmosfera? Comprovados .


Coordenação de cadeias produtivas passa a ser sagrado doravante e conhecimentos de marketing a alma de tudo isso . Afinal o que não for corretamente percebido não terá existido ou jamais será consumido .
E monitoramento permanente das percepções da sociedade é cuidado básico .Na fecap , fundação escola de comércio alvares penteado temos o “ agribusiness center “. Junto com a audencia business school de Nantes França desenvolvemos o FAM food & agribusiness management , um master science internacional , onde o foco é o de capacitação de CAO , chief agribusiness officer. Administração da percepção está no centro da decisão ao lado da coordenação de cadeias produtivas integradas.

José Luiz TEJONTCA International

Notícias Relacionadas

SIGA A FECAP NAS REDES SOCIAIS

Quer saber mais sobre a FECAP?