FECAP

Notícias

Felipe Urtado, ex-aluno FECAP, compartilha as vantagens de fazer Iniciação Científica

Graduação Publicado em: 05/02/19
Muito se fala da importância de fazer iniciação científica, mas ainda é um pouco nebuloso entender qual é seu objetivo, já que não é uma obrigação na faculdade, como são, por exemplo, o TCC e as provas semestrais.

Os alunos que se dispõem a fazer um artigo de Iniciação Científica vêm chamando a atenção dos professores, por vir apresentando melhores resultados de rendimento em comparação com os colegas de classe.

Há ainda muitas outras vantagens de se realizar uma pesquisa científica. Apoiado durante o período de estudo pelo Governo, os alunos que se dispõem a realizar os artigos passam para a categoria de bolsistas, já que recebem mensalmente uma verba de incentivo aos estudos. Além disso, na FECAP existe a possibilidade de substituir o TCC pelo artigo desenvolvido, caso ele seja aprovado em algum Congresso ou Simpósio.

Felipe Urtado, ex-aluno FECAP, desenvolveu projeto científico e compartilhou com o professor Leonardo Lugoboni suas conquistas e satisfações a partir do artigo. “Gostaria de agradecer a oportunidade de participar da Iniciação Científica. Através e por meio dela fui aceito nos Mestrados Acadêmicos da FGV/EAESP na linha de Estudos Organizacionais e na FEA/USP na linha de Administração Geral”, diz Urtado.

O aluno teve a oportunidade de apresentar-se nos seguintes congressos: a) Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP; b) Simpósio CONIC - Congresso Nacional de Iniciação Científica; c) ENANGRAD  (Encontro Nacional de Cursos de Graduação em Administração);  d) Evento FECAP de Iniciação Científica.