FECAP

Notícias

Migrações Humanas: Entre a Tragédia e a Esperança

Institucional Publicado em: 13/05/19
Evento que aborda uma das principais crises humanitárias do século é parte da Semana de Relações Internacionais da FECAP

No próximo dia 15 de maio, às 21 horas, o curso de Relações Internacionais da FECAP promove a palestra “Migrações Humanas: Entre a Tragédia e A esperança”, com o objetivo de discutir os fluxos migratórios a nível internacional e as suas implicações nas mais diferentes esferas.

Segundo pesquisa divulgada pela ONU, nos últimos 10 anos a população imigrante no Brasil cresceu aproximadamente 40%, chegando a quase um milhão e meio de pessoas que vieram morar no país. Todavia, por causa da localização geográfica da nossa nação, ainda recebemos poucos refugiados se compararmos com a massa que hoje habita os países europeus.

Preocupados com a relevância do assunto e sua discussão em ambiente acadêmico, a FECAP promove, com mediação do Prof. Dr. Cícero Krupp da Luz, o painel que contará com a presença de Guilherme Otero, da Organização Internacional para as Migrações (OIM) e Luís Renato Vedovato, pesquisador da UNICAMP.

Saiba um pouco mais sobre os palestrantes:
Guilherme Otero - Organização Internacional para as Migrações (OIM)
Mestre em Políticas Públicas pela Universidade Federal do ABC (2017) e Bacharel em Relações Internacionais pela Universidade de São Paulo (2012); Otero foi coordenador-adjunto de Políticas para Migrantes na Prefeitura de São Paulo e atualmente é Coordenador de Projetos na Organização Internacional para as Migrações (OIM).

Luís Renato Vedovato - UNICAMP
Luís Renato Vedovato é Vice-Coordenador do Observatório de Direitos Humanos da UNICAMP. É pesquisador do Projeto de Pesquisa Conjunto entre UNICAMP e Cardiff University. Foi Pesquisador Associado do Observatório das Migrações em São Paulo: migrações internas e internacionais contemporâneas no estado de São Paulo (proc.14/04850-1). Doutor (2012), Mestre (2002) e Graduado (1995) em Direito Internacional pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Atualmente, é professor MS-3 da UNICAMP, lecionando na Faculdade de Ciências Aplicadas e no Instituto de Economia, contratado em Regime de Turno Completo (RTC). É Conselheiro da Aliança de Controle do Tabagismo, tendo atuado como palestrante convidado sobre o Controle do Tabaco na Georgetown University e na África, além de em eventos organizados pela Organização Mundial da Saúde. Foi Consultor da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS/OMS) nos anos de 2017 e 2018. Atuou em projeto de pesquisa da Escola Superior do Ministério Público da União sobre a Convenção de New York de 1956, nos anos de 2015 e 2016. Atuou como colaborador externo do European University Institute, de Florença (ITA), fazendo parte do projeto de pesquisa EUDO Citizenship Observatory, nos anos de 2014 a 2015. É Professor de Direito Internacional Público e Direito Ambiental na PUC de Campinas.