fbpx

China: desenvolvimento, ascensão e inserção internacional

| Comunicação e idiomas

Carga Horária: 20 horas/aula | Via Zoom

Data: 27, 28, 29, 30 e 31 de julho | 19h00 às 22h40

Valores: Alunos, ex-alunos FECAP R$ 340,00 Externos: R$ 680,00

Período de Inscrição: até 27 de julho

Prof. Suhayla Khalil

Sobre o curso

PÚBLICO-ALVO:

Este curso destina-se a todos os profissionais e estudantes que queiram ampliar o conhecimento sobre as dinâmicas nacionais e as estratégias de inserção chinesas de forma a relacioná-las aos processos globais, aproximando teorias, conceitos e práticas para a construção de quadro crítico relativo ao tema.

OBJETIVO(S

• Proporcionar aos alunos um processo de aprendizagem e reflexão sobre o processo de ascensão chinesa e o papel da China no sistema internacional do século XXI.
• Compreender os processos políticos, sociais e econômicos que levaram ao importante crescimento chinês nas últimas décadas.
• Analisar o papel desempenhado por lideranças recentes e por novas estratégias de inserção, como Xi Jinping e One Belt, One Road, na forma como a China se relaciona com o restante do mundo.
• Compreender o histórico das relações entre EUA e China, desde a reaproximação com Kissinger e Nixon nos anos 1970 até a guerra comercial com Trump no século XXI.
• Entender as fases do relacionamento entre Brasil e China desde o não reconhecimento da República Popular da China até a aproximação que alçou o país asiático ao posto de principal parceiro comercial brasileiro.
• Analisar os impactos e possíveis efeitos da pandemia de coronavírus na economia e política chinesas.

Conteúdo

• Contextualização do processo histórico de criação da República Popular da China, com ênfase nas reformas de Mao Tsé-Tung.
• Deng Xiaoping e as “quatro modernizações”.
• A era Jiang Zemin e o ressurgimento da China.
• Hu Jintao, a reencarnação orgânica de Confúcio.
• Xi Jinping e a China como realidade incontornável.
• A inserção internacional chinesa e o One Belt, Onde Road.
• Relações EUA-China, de Nixon a Trump. Da parceria estratégica a uma nova Guerra Fria?
• O Brasil como China Tropical: a construção de uma parceria estratégica.
• 2020: pandemia e consolidação. O que esperar da China?

• O curso será ministrado de forma expositiva e dialogada, valorizando a leitura e a participação dos alunos em aula.
• Serão utilizados textos, aulas em slides e esquemas de interpretação.

Não haverá avaliação de conteúdo. É necessário estar presente, no mínimo, em 70% das aulas.

Sobre o professor

Doutora pelo Instituto de Relações Internacionais da Universidade de São Paulo (USP), foi doutoranda-visitante na Sciences Po-Paris e no Instituto Universitario de Desarrollo y Cooperación (IUDC) da Universidad Complutense de Madrid. É mestre em Estudos Estratégicos pela Universidade Federal Fluminense (Uff), especialista em Relações Internacionais pela Universidade Cândido Mendes (UCAM) e bacharel em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Atualmente, ocupa os cargos de professora da pós-graduação da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP) e de pesquisadora colaboradora do Núcleo de Direito Global e Desenvolvimento da Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas, onde trabalha no projeto FAPESP “Direito e Relações Econômicas entre Brasil e China: evidências empíricas em contraste”. Integrou a Comissão Assessora de Avaliação da Área de Relações Internacionais designada pelo INEP/MEC. Foi coordenadora do curso de graduação em Relações Internacionais da Universidade Paulista, editora da Revista Diálogos Africanos e ministrou aulas no curso de pós-graduação em Relações Internacionais da Universidade Cândido Mendes. Foi também pesquisadora do Observatório Político Sul-Americano (OPSA-IESP Uerj). É autora de diversos artigos e capítulos de livros.

Suhayla Khalil

Compartilhe :

Receba tudo que rola no universo FECAP?

Ou